31 de mar de 2008

Dicas: Como economizar Combustível

Nunca é demais aprender (ou relembrar) regrinhas básicas para economizar combustível, já que cada vez que se enche o tanque o bolso reclama (pelo menos o meu, rs).

Sabe quantos quilômetros seu carro rende com um litro? É uma boa idéia começar por aí. Na próxima vez que for encher o tanque zere o odômetro ou anote a quilometragem num papel que pode ficar no porta-luvas ou na carteira. Quando voltar ao posto para completar anote novamente a quilometragem e quantos litros couberam. Depois é só fazer uma conta básica: divida quantos quilômetros percorreu pela quantidade de litros que coube no tanque. Ex. 500km/50 litros = 10km por litro.

Pneus: mantenha-os corretamente calibrados (na dúvida confira no manual ou próximo à porta, costuma ter lá a informação). Deve contribuir com até 3 % da economia do combustível.

Livre-se do peso desnecessário: quanto mais pesado, mais irá acelerar e mais combustível será gasto. Deixe em casa aquelas coisinhas esquecidas na mala ou no banco traseiro e leve apenas o necessário. Some uns 2% no rendimento de seu carro. Só não vale negar carona, né? :)

Limpeza: o carro limpo e encerado pode ajudar a economizar até 7% em uma viagem londa, isso porque reduz a resistência do ar na superfície do carro e melhora aerodinâmica.

Marcha Adequada
Utilize a marcha mais alta possível, quando estiver viajando a uma velocidade média e constante. Quando o veículo começa a mover-se, necessita maior força do motor e para isso você coloca a 1a marcha, uma vez que o veículo alcance certa velocidade é recomendável ir trocando as marchas até a maior sem chegar a ocasionar vibrações ou forçar o motor. Deste modo você só precisará apertar levemente o acelerador e seu motor consumirá menos gasolina.

Ar-condicionado: tá certo, verão, segurança... vários são os motivos para deixar o ar ligado, mas saiba que ele pode contribuir com o aumento do consumo da gasolina em até 10%. Em distâncias curtas evite utilizá-lo. Mas em trechos maiores e na estrada pode ser uma boa, porque as janelas abertas criam resistência aerodinâmica e provocam turbulência dentro do automóvel exigindo mais do motor e aumentando o consumo.

Organize os trajetos: com o frio mais gasolina é consumida. Por isso, várias paradas com o motor frio aumenta o consumo. Dê preferência a começar pelos trajetos mais longos para que o motor enqueente e só depois faça as paradas em trechos cursos.

Jeito de dirigir - dirija com calma, ainda mais com trânsito lento. Acelar e parar em seguida não adianta nada e ainda gasta mais a pastilha de freio. Além de correr o risco de tomar uma multa nos milhares de radares espalhados pela cidade (pelo menos aqui no Rio de Janeiro). Manter uma velocidade média contribui para redução do consumo de combustível, por isso, acelerar e frear não ajuda em nada.

Manutenção: nunca é demais lembrar. Veja no Manual do Fabricante a época para trocar velas, filtros de ar e gasolina, óleo (entre outros). Além de usar a gasolina de octanagem adequada. Juntos poderão melhorar até 10% o desempenho do carro.

Depois que colocar em práticas as dicas refaça a conta lá de cima e aproveite!

Dica extra! O ideal é pedir para o frentista parar a bomba no automático. Esta sugestão consta no manual do meu carro: "Para evitar danos ao reservatório de vapores que coleta os gases provenientes do tanque de combustível e conseqüentemente contribuir para redução da poluição do meio ambiente, abasteça lentamente e após o primeiro desligamento automático da pistola de enchimento da bomba, interrompa o abastecimento".

Nenhum comentário: