15 de abr de 2009

Passageiros dos trens do RJ são agredidos por funcionários da SuperVia e chamados de marginais por seu diretor (veja os vídeos)


Ouvi hoje pela manhã a entrevista com o diretor de marketing da SuperVia, José Carlos Leitão que falou sobre as agressões feitas pelos funcionários aos passageiros hoje cedo.

José Carlos Leitão fez questão de enfatizar que são MARGINAIS os passageiros que impedem o fechamento das portas, como se isso justificasse tudo: "Quem segura as portas é marginal. Segurar a porta é crime, e mais de 200 já foram para cadeia esse ano".


Ainda na Globo News, no "Em cima da hora" das 10h o absurdo discurso de José Carlos Leitão foi amenizado pelo próprio, que, novamente falou ao vivo. Será que alguém o alertou?
Vale a pena conferir a entrevista e o comportamento dos jornalistas que questionam com firmeza a "defesa" feita por este diretor.

No RJTV 2a edição foi reprisada a entrevista concedida na semana passada pelo presidente da Supervia que afirmou seram delinquentes os passageiros que impedem o fechamanto das portas.
Depois, vimos as imagens gravadas por um passageiro que mostra um trem vazio em andamento com todas as portas abertas. Será que existem "espíritos marginais" segurando essas portas impedindo o fechamento???


Qual será a justificativa para tudo isso? Existe justificativa???

Seguem os links de alguns vídeos citados acima:
Passageiros marginais? Entrevista na Globo News com o diretor de marketing da SuperVia (15/04)
Supervia: trem vazio e portas abertas
RJTV: presidente da OAB/RJ disse ser injustificável a agressão e o presidente do TJRJ afirma que os funcionários são verdadeiros marginais

Texto publicado por mim no site Direito em Debate (www.direitoemdebate.com).

Nenhum comentário: