7 de ago de 2008

Os mais bem pagos da TV americana

01. OPRAH WINFREY
Não é à toa que Oprah Winfrey fica distribuindo presentes caríssimos aos participantes de seu programa de TV... A apresentadora ganha a bela soma de US$ 385 milhões por ano, segundo a pesquisa anual de salários das celebridades feita pelo TV Guide

02. SIMON NCOWELL
Ele ganha US$ 50 milhões por ano para ser o jurado emburrado de AMERICAN IDOL. Não, mentira. O cara é produtor, um dos criadores do reality show mais badalado da TV americana e dono de alguns outros programas. Merece

03. DAVID LETTERMAN
Contar piadas e entrevistas celebridades. Para isso, o apresentador do LATE SHOW recebe anualmente US$ 32 milhões. Pelo menos ele trabalha todos os dias, vai

04. CHARLIE SHEEN
O Charlie de TWO AND A HALF MEN está quase no patamar dos atores de FRIENDS: ele leva US$ 825 mil por cada episódio da série. Sendo que são 22 episódios por temporada... Vá pegar a calculadora que a gente espera

05. WILLIAM PETERSEN
Ele ganha a bela soma de US$ 600 mil por cada episódio da série e ainda assim o Gil Grissom está abandonando CSI. Alguém explica como o ator mais bem pago entre as séries dramáticas quer sair? Ah, tá, ele já tem dinheiro suficiente

06. MARISKA HARGITAI
A atriz, indicada ao Emmy este ano, é a mais bem paga entre atrizes de séries dramáticas, levando US$ 400 mil por episódio. Naaada mal

07. KYRA SEDGWICK
A superbalada e premiada atriz de THE CLOSER, que parou de ser exibido aqui, leva us$ 225 mil por episódio. E dizem que o TNT americano voltou a ter audiência por causa dela

08. SETH MCFARLANE
Esse aqui nunca aparece na TV. Mas criou a família mais hilária da história, em FAMILY GUY ou UMA FAMÍLIA DA PESADA. E ainda faz a voz de Peter Griffin. Então, ele assinou um contrato que vai garantir US$ 100 milhões até 2012

09. AS VOZES DOS SIMPSONS
Dan Castellaneta, Julie Kavner, Nancy Cartwright, Yeardley Smith e Hank Azaria, dubladores dos membros da família Simpson, levam, cada um, US$ 400 mil por episódio do desenho. Só com a voz

Fonte: Séries etc.

Nenhum comentário: